sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Fundação Lemann disponibiliza aulas da Khan Academy em português

Imagem: Reprodução do vídeo "Somas Básicas"

A Khan Academy, organização sem fins lucrativos de Salman Khan que visa fornecer vídeos educativos sem custo, estabeleceu uma parceria com a Fundação Lemann, que está traduzindo as videoaulas da academia para o português.

O projeto surgiu em setembro de 2006 e desde então já foram produzidos mais de 2.700 vídeos sobre diversos assuntos, tais como matemática, história, saúde, medicina, finanças, física, química, biologia, astronomia, economia, cosmologia e ciências da computação. As produções são simples: é uma lousa com um giz e narração do próprio Khan.

Os vídeos agora estão sendo traduzidos para o português por intermédio da Fundação Lemann, outra organização sem fins lucrativos em prol da educação. Já foram traduzidos 38 vídeos, na sua maioria relacionados a conteúdos de matemática.

Para assistir aos vídeos traduzidos, confira a lista de reprodução da Khan Academy no canal da Fundação Lemann no YouTube. Se preferir conhecer o projeto completo da Khan Academy, acesse o site oficial da organização.

4 comentários:

  1. As melhores aulas do Youtube, agora em português
    A Fundação Lemann, em parceria com o Instituto Natura e o Instituo Península, está trazendo a Khan Academy para o Brasil. As vídeo-aulas do fenômeno Salman Khan, que já foram assistidas mais de 115 milhões de vezes no YouTube, podem agora ser vistas em português (www.fundacaolemann.org.br/khanportugues). Até o final de maio, o canal contará com mais de 340 vídeos de Aritmética, Biologia, Química e Física.
    Além da dublagem e adaptação das aulas para o português, a Fundação Lemann aposta em levar a Khan Academy para as escolas públicas brasileiras. Inspirada por um projeto piloto desenvolvido na Califórnia, a Fundação quer usar os vídeos e o software de exercícios do site para ajudar a melhorar o aprendizado dos alunos. A ideia é oferecer a ferramenta para os professores, que poderão acompanhar em tempo real o desempenho dos seus alunos, contribuindo com uma maior individualização do ensino. O projeto começa em três escolas públicas de São Paulo, ainda este mês.
    A iniciativa foi destaque em reportagem de capa da revista Veja. “Sabemos que com os métodos tradicionais dificilmente conseguiremos oferecer um ensino mais personalizado a todos com a urgência de que precisamos”, afirmou Denis Mizne, Diretor Executivo da Fundação Lemann, em entrevista à revista.

    ResponderExcluir
  2. Peço ajuda! Minha filha está cursando o 4º ano e foi dado um dever da seguinte forma:
    Resolva as questões:
    O dobro de 5 + 7 =
    O dobro de 15 + 9 =
    O dobro de 15 - 9 =
    Gostaria que me fosse explicado a maneira correta do raciocínio para estas questões.
    Eu e minha filha raciocinamos de uma forma e a professora corrigiu como errado.
    Foi conversado com a coordenadora que justificou a correção da professora, como interpretação.
    Há 2 formas de se aplicar a resolução desta questão?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Existem sim duas possibilidades de interpretação:

      A primeira é o cálculo do dobro da operação:
      2x(5+7) = 2x12 = 24
      2x(15+9) = 2x24 = 48
      2x(15-9) = 2x6 = 12

      A segunda é o cálculo do dobro do primeiro algarismo:
      (2x5)+7 = 10+7 = 17
      (2x15)+9 = 30+9 = 39
      (2x15)-9 = 30-9 = 21

      Esperamos ter lhe ajudado!

      Excluir
  3. Só existe uma forma de resolver esta questão e dizer que há duas só nos leva a não enfrentarmos o erro. O professor errou e a diretora errou e errou quem comentou. A professora deve se retratar. Não voltar atrás só revela despreparo e pior para manter a posição faz com que as crianças aprendam errado algo básico, o que torna pior qualquer erro no aprendizado, pois a criança está acreditando no adulto que ensina. Isto é uma questão de ministério público e conselho tutelar. A professora deve reparar o dano causado nas mentes das crianças e os adultos devem fazer de tudo para não aceitar esta atitude. Isto é sério. O parêntese é determinante e isto deve ser ensinado. O dobro de 5 + 7 é 2x5 + 7 = 10 + 7 = 17, e desta forma resolvem-se as outras. Não existe nada de interpretação dúbia, aqui: o parêntese determina o que se deve fazer, neste caso a falta, e é isto que a professora deve seguir e ensinar sob pena de prejudicar enormemente a formação matemática das crianças que amanha errarão por não dar a devida atenção aos parênteses, colchetes e chaves, inicialmente e depois em todo o resto. Há até um assunto para esta questão, expressões numéricas.

    ResponderExcluir